Destaques

  • A VFC (Variabilidade da frequência cardíaca, ou HRV em inglês) em repouso mediada pelo vago está inversamente relacionada à proporção de tempos de reação muito lentos.
  • A VFC em repouso mediada pelo vago não está significativamente associada à variabilidade de tempos rápidos de reação comuns.
  • Indivíduos com maior VFC em repouso mediada pelo vago podem ser relativamente proficientes em prevenir lapsos de atenção.

Este estudo de Spangler D. P. e col. foi publicado em março de 2018 no International Journal of Psychophysiology, volume 125, pág. 10-16.

Resumo

Os relacionamentos entre a VFC mediada pelo vago e os mecanismos cognitivos que estão por trás do desempenho podem ser elucidados através de modelos ex-gaussianos – uma abordagem que quantifica duas formas diferentes de variabilidade intraindividual do tempo de reação.

Para isto, o atual estudo examinou as relações da VFC em repouso mediada pelo vago com a variabilidade intraindividual da distribuição total e ex-gaussiana.

Os sujeitos (n = 83) completaram uma intervenção basal de 5 minutos, enquanto a raiz quadrada média de sucessivas diferenças foi medida.

Estimativas ex-gaussianas (sigma, tau) e da distribuição total (desvio padrão) da variabilidade intraindividual foram obtidas dos tempos de reação de uma tarefa Stroop.

Descobriu-se que a VFC em repouso mediada pelo vago foi inversamente proporcional a tau (variabilidade intraindividual exponencial), mas não a sigma (variabilidade intraindividual gaussiana), ou ao DP da distribuição total dos tempos de reação.

Estes achados sugerem que indivíduos com maior VFC mediada pelo vago podem melhor prevenir lapsos de atenção, mas não dificuldades relacionadas ao controle motor. Estes achados informam os relacionamentos diferenciais do controle cardíaco vagal com os processos cognitivos subjacentes ao desempenho humano.

 

Já está disponível no Brasil uma ferramenta complementar-integrativa da VFC, o cardioEmotion, inventado e desenvolvido por mim. Para saber mais sobre o cardioEmotion baixe gratuitamente o e-book “Como tornar visível o invisível” e/ou inscreva-se para fazer o curso do mesmo nome, que será realizado no próximo final de semana (incluir link), e ministrado por:

 

 

Prof. Dr. Marco Fabio Coghi

Pesquisador, responsável científico pelo desenvolvimento do cardioEmotion. Químico e Fisioterapeuta pós-graduado, professor convidado de diversos cursos de pós-graduação (UNICID, UNIFESP, CETCC entre outros); especialista em biofeedback cardiovascular. Palestrante nacional e internacional. Escreveu diversos e-books sobre o tema: coerência cardíaca e biofeedback. Autor de três patentes de invenção. Instrutor de Yoga pós-graduado; terapeuta Ayurveda com estágios realizados na Índia. Hipnoterapeuta. Diretor Científico da NPT – Neuropsicotronics, diretor da Clínica TAMA e da INTELECTUS Treinamento e Cursos.

Prof.ª Silvana P. Cracasso

Mestranda na UNIFESP em Técnicas Contemplativas. Aprimoramento em técnicas de Atenção Plena e Mindfulness para Saúde. Docente do curso de pós-graduação na UNINOVE. Pedagoga, especialista em Psicopedagogia, Dependência Química, Neuropsicologia do Desenvolvimento. Aprimoramento em Psicofarmacologia, Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) para Desafios Clínicos; Avaliação Neuropsicológica Interdisciplinar; Neuropsicologia Clínica Aplicada à Reabilitação. Educação Emocional e Neurofisiologia das Emoções. Palestrante e formadora de lideranças em Habilidades Socioemocionais. Diretora e coordenadora de atendimento terapêutico da Clínica TAMA e Diretora da INTELECTUS Treinamento e Cursos.