Este é um estudo de Jester D. J. e col., do Departamento de Psicologia da Universidade de Wisconsin, USA, publicado online em 30 de janeiro de 2018.

Resumo

Objetivos:

Duas décadas de pesquisas com o biofeedback da variabilidade da frequência cardíaca (VFC, ou HTV em inglês) focaram em populações de adolescentes e de adultos com diversos sintomas e condições, excluindo pacientes idosos.

Este estudo explorou o biofeedback VFC como um novo tratamento para diminuir sintomas psiquiátricos e melhorar as funções cognitivas em idosos.

Métodos:

Os participantes foram incluídos numa intervenção de três semanas com seis sessões de biofeedback VFC de 30 minutos. Foram realizadas medidas neuropsicológicas e psiquiátricas antes e depois da intervenção.

Resultados:

Foram observadas diminuições da depressão (Cohen’s d = 1,02, p < ,001), do estado de ansiedade (Cohen’s d = 0,82, p = ,003) e dos traços de ansiedade (Cohen’s d = 0,84, p = ,002).

Verificou-se aumento das habilidades de atenção, medidas pelo Trail Making Test – Part A (Cohen’s d = 1,00, p = ,001).

Diferenças das habilidades executivas medidas pelo Trail Making Test – Part B e pela Stroop Task não atingiram significância estatística.

Conclusão:

Este estudo sugere que idosos podem se beneficiar de intervenções com o biofeedback VFC, tanto quanto populações mais jovens, que têm sido estudadas por décadas.

A depressão, a ansiedade e as habilidades de atenção foram positivamente afetadas, e diversos participantes relataram melhora da qualidade do sono e do gerenciamento do estresse.

Futuros estudos devem corroborar estes achados.

Você sabe que já existe disponível no Brasil uma ferramenta de biofeedback VFC, o cardioEmotion, que é uma ferramenta complementar-integrativa inventada e desenvolvida pelo Professor Dr. Marco F. Coghi*?

Para conhecer mais detalhes sobre o cardioEmotion baixe gratuitamente o ebook “Como tornar visível o invisível” e/ou inscreva-se para fazer o curso do mesmo nome, que é realizado algumas vezes por ano em diferentes locais, ministrado por:

Dr. Marco Fabio Coghi

Pesquisador, responsável científico pelo desenvolvimento do cardioEmotion. Químico e Fisioterapeuta pós-graduado, professor convidado de diversos cursos de pós-graduação (UNICID, UNIFESP, CETCC entre outros); especialista em biofeedback cardiovascular. Palestrante nacional e internacional. Escreveu diversos e-books sobre o tema: coerência cardíaca e biofeedback. Autor de três patentes de invenção. Instrutor de Yoga pós-graduado; terapeuta Ayurveda com estágios realizados na Índia. Hipnoterapeuta. Diretor Científico da NPT – Neuropsicotronics, diretor da Clínica TAMA e da INTELECTUS Treinamento e Cursos.

Prof.ª Silvana P. Cracasso

Mestranda na UNIFESP em Técnicas Contemplativas. Aprimoramento em técnicas de Atenção Plena e Mindfulness para Saúde. Docente do curso de pós-graduação na UNINOVE. Pedagoga, especialista em Psicopedagogia, Dependência Química, Neuropsicologia do Desenvolvimento. Aprimoramento em Psicofarmacologia, Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) para Desafios Clínicos; Avaliação Neuropsicológica Interdisciplinar; Neuropsicologia Clínica Aplicada à Reabilitação. Educação Emocional e Neurofisiologia das Emoções. Palestrante e formadora de lideranças em Habilidades Socioemocionais. Diretora e coordenadora de atendimento terapêutico da Clínica TAMA e Diretora da INTELECTUS Treinamento e Cursos.

*Diretores da NPT−Neuropsicotronics Ltda.